SPFW, balanço final

Junho 25, 2009

Esta edição do SPFW, que aconteceu até dia 22, no edifício da Bienal, no Parque Ibirapuera, apresentou coleções para o verão 2010 de algumas das principais grifes brasileiras. O tema do SPFW Verão 2010 foi “Passions”, e celebrou as comemorações do ano da França no Brasil. Dentro deste tema, o segundo piso do prédio da Bienal abrigava uma exposição intitulada “Paixão” em homenagem à Bethy Lagardère, com fotos de sua coleção de vestidos de alta costura e um documentário bem bacana chamado Bonjour Madame, sobre ela. Bethy começou trabalhando com o costureiro Denner Pamplona, e na década de 70 foi para a França, trabalhou com Emanuel Ungaro e Azzedine Alaïa, entre outros nomes importantes da Haute Couture. Linda e inteligente despertou a paixão do empresário Jean-Luc Lagardère, com quem se casou. Quando ficou viúva, foi morar no campo e passou anos dedicando seu tempo à jardinagem, soube-se que em certa ocasião ela plantava 2000 mudas de hortência por dia, com suas próprias mãos. Vale a pena comprar a última revista MAG, do Paulo Borges, que tem um caderno especial com a Bethy. Maravilhoso! Muitas fotos e vários fragmentos de uma entrevista que revelam a personalidade desta pessoa notável.
Mas fazendo um balanço do evento, o grande frisson ficou a cargo da presença de Jesus Luz, na passarela do desfile da Colcci ao lado de Gisele Bündchen, que sempre me deixa impressionado com a sua leveza e beleza. Graças a Deus e aos amigos queridos assisti o desfile desta marca na primeira fila, em lugar privilegiado.
Jesus Luz

Jesus Luz

Gisele Bündchen

Gisele Bündchen

O SPFW também contou, como sempre, com lounges para relacionamento e negócios. Eu assinei o menu do lounge da revista Marie Claire, que foi super elogiado e ganhou destaques na imprensa. Natura, Melissa, Tam, GNT, WFD, Vogue, só para citar algumas das empresas que também tinham seus espaços para receber os convidados. Teve também uma linda instalação de arte das Havaianas, feita com sandálias, lógico. Além de um espaço para multimarcas como: Antiquáriom LivrariaCultura, Colette Paris, Plastik entre outras.
O Bistrot Paris 6, foi o restaurante oficial e assinava o serviço de alguns lounges. A Nova Schin trouxe, com exclusividade, o Favela Chic, a casa que leva “a alma brasileira ao coração da França”. Jorge Nasi, sócio do restaurante, assinou a cenografia e seguiu o mesmo conceito do endereço francês, colocou mesas e bancos de madeira rústica, luminárias de latinhas, usou elementos da cultura brasileira na decoração, além de muita vela e ótima música. A concepção foi da Pepper, e levou a assinatura “Nova Schin pour la Favela Chic”. O menu foi assinado pelo chef Luiz Emanuel Cerqueira, do bistrô Allez Allez. Quem recebia os convidados era a Priscila Borgonovi. O automóvel Smart, que tem muito haver com França, também fez muito sucesso no evento, eram customizados e vários foram distribuídos por todos os lados. Houve algumas interações artísticas e alguns eventos paralelos. Mas as baladas fortes aconteceram no último dia. Logo depois do desfile de André Lima, último da semana de moda, um grupo de dançarinos ocupou o primeiro piso da Bienal, com coreografias de streetdance, com trilha sonora Sexy Back e Justin Timberlake.
No Lounge Marie Claire, Frederic Zoghaib Kachar, o grande Fred, diretor geral da Editora Globo, mais uma vez comandou o som, fechando com chave de ouro a semana de moda de São Paulo.
Priscila Borgonovi e Vanessa da Pepper

Priscila Borgonovi e Vanessa da Pepper

Nova Schin pour la Favela Chic

Nova Schin pour la Favela Chic

Smart

Smart

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: