Fashion Nao

Fevereiro 6, 2009

Ontem à noite fui encontrar um casal de amigos muito especial.  O grande motivo deste encontro é a Festa de Aniversário do Antônio, um português carioca, apreciador de uma boa mesa e casado com Marilena, minha amiga de longa data.Antônio me entregou, também, o mapa da mina de Lisboa, com indicações para todos os meus almoços e jantares na visita à cidade que farei na semana que vem.

O encontro foi regado a conversa interessante e animada, que me fazia ficar distante do resto do mundo, e bastante concentrado em nós mesmos.

O local escolhido acabou sendo depois de outras sugestões, o Nao, do Chef Nao Hara, no São Conrado Fashion Mall. Escolha sucinta e certeira. Antônio escolheu um Vinho, que confesso não saber o nome nem a procedência, mas se tornou muito melhor em nossas sucessões de brindes.

Decidimos, depois da segunda garrafa,  pedir alguma coisa para degustar e com a chegada de uns  appetizers iniciais, as atenções mudaram de lado, e a conversa se calou por instantes.

Rolinhos Harumakis de Legumes e de Camarão com Catupiry, traziam respeito na elaboração e estavam perfeitos, assim como as Trouxinhas de Picanha e o Tuna Roll, que vem empanado, fatiado e no ponto. Mergulhado num molho adocicado de shoyo e gengibre, não resistimos e pedimos outro.

Na continuidade acrescentamos um combinado do Chef que trazia enrolados e fatiados com identidade e maturidade de um craque super criativo que faz jus ao reconhecimento que tem da crítica gastronômica.

A noite ainda nos trouxe surpresas com a chegada de Cleide, minha colega de turma durante a faculdade de direito, acompanhada de Vânia que foi colega de turma do colégio de Marilena, e por incrível que pareça a pessoa que conseguiu os meus telefones para o casal marcar esta encontro Fashion Nao.

Uau!  Quer mais, vá ao Nao.

Estrada da Gávea, 899 3° andar (Fashion Mall)
São Conrado
21.3322.0149

Anúncios
Ontem fui ao teatro, um programa que preciso tornar mais comum em minha vida. Fui assistir “A Mulher que Escreveu a Bíblia”, de Moacyr Scliar , com Inês Viana que sozinha surpreende com o domínio do texto e das suas expressões que transbordam o espetáculo de momentos ótimos. Outro que me surpreendeu foi o Guilherme Piva que dirige esta obra prima com requinte e simplicidade , o que torna o maravilhoso texto o personagem principal. A história é de uma mulher de hoje que descobre que no século X antes de Cristo foi uma das setecentas esposas do rei Salomão, porém a mais feia de todas, mas a única capaz de ler e escrever. Com muita malícia e irreverência o texto é leve e criativo e mistura bem o sagrado e profano, história e ficção e religião e sexo. É diversão garantida. Não deixem de conferir esta dica! Teatro Clara Nunes – Shopping da Gávea As terças e quartas às 21:00 horas.

Na saída do teatro, fui com Pádma, minha companheira desta noite, ao Guimas ali da Gávea. Uma festa, como sempre. De cara encontrei a Bel Kutner num grupinho que reunia a outra Bel, a Agusta da Nespresso e a Chef Lelena Cesar que não via a muito tempo. Adorei poder falar do espetáculo, justamente com Bel, amiga de infância de Gui. Bravo Guilherme!!!!

Sentei numa mesinha do lado de fora e no meio de lápis de cera e inscrições bíblicas pedi ao garçon uma porção mista de pastéis de brie e de camarão com catupiry. Uau, chegaram perfeitos e sairam aos nossos suspiros. Não precisamos de mais de nada, foi uma terça-feira digna de figurar o segundo texto do meu blog.

Bem Vindo !

Fevereiro 4, 2009

Enfim o meu Blog!

Que bom eu poder colocar pra fora as minhas opiniões, poder passar idéias, vivências e experiências.

É um novo e importante passo que estou dando na vida.

Vou visualizar ele bem grande, assim como em tudo que penso.

E o que mais espero é que ele possa ser bem útil e bastante visitado.

Sou um apreciador da vida, esta é a minha verdadeira essência.

O nome Comer, beber, viver, vem de um filme de Ang Lee ( Título Original : Yinishi nan nu – Taiwan 1994 ), e é o que mais traduz tudo o que quero passar daqui para vocês.

Tenho um tesouro valioso que são os meus amigos e o melhor é que vou poder falar deles também.

Aperte o cinto, por que iremos viajar por vários cantos e lugares, dentro e fora do Rio, do Brasil e do Mundo. Pensando bem o melhor é afrouxar o cinto para se sentir mais a vontade, pois de mesa em mesa vai ficar difícil apertar qualquer coisa.

Muito obrigado e volte sempre! A casa é sua!

Sua participação é fundamental! Então apareça bastante por aqui!

Até mais!

Salve!